3 de junho de 2015

5º ENCONTRO DA CF3 - ESCOLLA DE FUZILEIROS

Como imperativo, a deposição duma coroa de flores aos fuzileiros  mortos em combate
















2 comentários:

  1. FANTASMA DO MAYOMBE4 de junho de 2015 às 03:46

    Quantos camaradas tombaram em combate, da vossa Cª. CF3 ?

    Saudações a todos os Fuzos .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo FANTASMA DO MAYOMBE, seja bem-vindo e muito obrigado pelo seu comentário/pergunta no blogue da CF3.

      Em resposta à sua pergunta, somos a informar o seguinte:
      Por questões de respeito aos nossos colegas que tombaram ao serviço da pátria em terras ultramarinas, bem como aos seus familiares, não fornecemos respostas a esse tipo de questões.

      Certamente, compreenderá, que podemos estar sujeitos a pedidos de explicações da parte desses familiares por informar quem, nem sequer, sabemos de quem se trata, no presente caso, "FANTASMA DO MAYOMBE"

      Neste blogue, aberto aos elementos da CF3 que prestaram serviço entre 1972 a 1974 em Vila Nova da Armada, Angola, está, também, aberto a outros elementos que estiveram de alguma forma ligados à "BRIOSA" Marinha de Guerra Portuguesa, no entanto, aceitamos sugestões no sentido de o melhorar.

      Dirá que somos exigentes, concordamos com a apreciação, mas concordará também que para quem faz a monitorização e manutenção deste blogue, sente a necessidade de saber quem nos visita e, para isso, temos um código para saber quem na verdade esteve ou está ainda ao serviço da MGP.

      Gostaria também de o informar, que, também por norma, e até por uma questão de coerência, é usual assinar, neste blogue, quem posta comentários e não sobre pseudónimos, como mais uma vez refiro "FANTASMA DO MAYOMBE"

      Estamos cientes, que compreenderá a justeza das nossas explicações sobre o assunto em epígrafe, esperando, também, que nos desculpe, se por ventura estamos a ser exigentes de mais, mas é por estes e outros princípios que nos regemos.

      Agradecemos a sua visita e esperamos voltar poder registar os seus comentários, mas, por favor, identifique-se tal como o farei no final destas explicações.

      Com os desejos das maiores felicidades, subscrevo-me com consideração.
      Com os melhores cumprimentos e um até breve,

      Francisco Maia ex. Mar FZ 589/70


      Eliminar